Playlist de sexta!

Alanis Morissette para decorar a letra para o show este finde!


by chica K

Flying Pan

Criada por um grupo francês, a creperia Flying Pan chegou a America Latina com a 1a unidade em São Paulo no final de janeiro de 2012. Presente na Australia (1a loja), Estados Unidos, Arabia Saudita, Emirados Arabes e mundo afora, a especialidade esta no crepe que além da tradicional farinha branca tem a de trigo sarraceno (sem glúten).
Entrada, mesas externas, cozinha aberta do salão interno (onde ficam as frutas e waffle) e onde são feitos os crepes e mesas do salão interno
O dono da unidade brasileira é francês e recebe os clientes pessoalmente. Atencioso, quer saber pessoalmente a satisfação de todos que o visitam. O atendimento é muito bom e todos muito simpáticos! Ponto super positivo!
Mini Waffle
Aos finais de semana tem brunch até tarde por $28,50 com omolete, waffle, frutas, sucos e o crepe (doce ou salgado feito na hora). Pra comer a vontade (até dizer chega), ótimo custo benefício e uma excelente opção para o final de semana (domingo vai até às 16h). A área externa é agradável para dias ensolarados. Comida simples e boa. Sem luxo, justa. Gostamos mais dos salgados como o crepe e o omelete. O waffle se fosse feito na hora, quentinho e crocante, seria perfeito (no brunch fica pronto exposto no balcão junto com as frutas). Um lugar que Dá para ficar horas e comer bastante :-)
Omelete e crepe de chocolate

Onde: Flying Pan
Endereço: Rua Bem-te-vi, 92 - Moema
Quando ir: brunch
fotos chicasSP

by chica K

Girarrosto


Já faz algum tempo que queria conhecer o restaurante que Paulo Barros (proprietário do Italy, Jelly Bread e Kaá) abriu em sociedade com Paulo Kress (do General Prime Burguer e Kaá) sob comando do chef Loi (ex-Fasano). Com um investimento de R$10 milhões e dois anos de reforma, o restaurante ocupa o endereço do antigo Pandoro e tem mais de 1000 metros quadrados e capacidade para 280 pessoas. Eu diria que lá, tudo é "muito". 
Salão dos fundos com vista para girarrosto, salão lateral e sala espera da entrada
"Muito" grande, muito garçom, muita opção no cardápio, muuuuita gente e o principal - muuuuuito barulho. Confesso que me senti em uma festa de casamento (daquelas com muita gente) com música ao vivo (não, o lugar não tem música ao vivo), mas se não bastasse o barulho das pessoas que lotam o restaurante, há uma música ambiente que compete com o barulho do salão. O resultado: mal dá para ouvir a pessoa que está sentada ao seu lado na sua mesa - eu fiquei rouca no final do jantar.
Vista para girarrosto
Composto por 3 salões: o da entrada com mesas de espera e estilo que remete o antigo Pandoro com uma vitrine com pães artesanais e antepastos, salão lateral com muitas mesas e salão nos fundos ajardinado e um pouco mais reservado com vista para o girarrosto  - forno a lenha giratório italiano que cozinha carnes em baixa temperatura por um longo período.
Caipirinhas e pratos principais
A comida por outro lado é DELICIOSA. Eu diria, um sucesso! Começamos com uma caipirinha (de caju amigo e outra de uvas) e prato principal: girarrosto de frango ao leite com tagliatelli (frango perfeito, super saboroso e massa no ponto - de salivar só de pensar neste prato), peixe do dia com risoto e limão e outro girarrosto de procheta com legumes cozidos. Todos os pratos super elogiados. Haviam outras opções (muitas) no cardápio como massas, carnes, risotos, pizza e grelhados no girarrosto. No almoço há opção de menu executivo por R$65 com couvert, entrada, prato principal e uma taça de vinho.
Terminamos com uma mousse de gianduia, creme de chocolate com laranja e sorvete e um tiramissu. O café acompanha madeleines e outros docinhos.

Não sei se o almoço é mais tranquilo, mas pela grandiosidade do lugar, parece que vive lotado. Dá lombrigas de voltar pois a comida é sensacional, mas sinceramente... preguiça pelo ambiente extremamente barulhento. Uma pena, pois com tanto investimento, uma acústica adequada seria perfeito! Ou um simples ajuste na música ambiente já ajudaria.... e muito!

Onde: Girarrosto
Endereço: Avenida Cidade Jardim, 56, São Paulo

by chica K

Buddies American Pub

Onde ficava o "Seu Miagui" abriu o Buddies American Pub com tacos de baseball, pranchas de snowboard, cestas de basquete compondo a decoração do ambiente, além de painéis de LED no meio do salão para quem quiser acompanhar o esporte.
O cardápio é enxuto e típico americano com "chicken strips, chicken wings, hamburguers, batata frita" além de lula a dorê e outros.

O conceito do pub é muito legal, o atendimento é atencioso, as caipirinhas são ótimas, mas a comida decepcionou. Provamos vários petiscos: lula a dorê, "chicken wings, chicken stick", hamburguer e "um mexicano". O hamburguer estava bom, mas nada demais. Os empanados vieram pesados, muchos e gordurosos, tristeza geral. As caipirinhas são ótimas, a "top" com abacaxi, limão, kiwi, maracujá e uva é um sucesso.

Diria que o ambiente só vale se você for para beber - uma cerveja, uma caipirinha, um suco ou para ver um jogo. Mas esqueça se quiser comer ou petiscar, não vale a pena. Um pouco difícil né?

Onde: Buddies American Pub
Endereço: Clodomiro Amazonas, 556

chica K

FishBar & Gastronomia

Misto de bar e restaurante, cozinha com influência mediterrânea e pratos do mar. Para quem ama este tipo de cozinha como eu, vai amar este lugar. Até porque nem todos os restaurantes oferecem muita opção de peixe como prato principal, geralmente é um ou outro, mas aqui o destaque é para a variedade. Um lugar aconchegante com salão interno pequeno e uma varanda de vidro que dá para passar a tarde.
Salão interno
Sob comando de Oscar Bosch, o cardápio oferece entradas ou petiscos como brocheta de polvo, croquete de jamón ibérico, de carne bovina, ostras, sardinha na brasa com aspargo grelhado e tomate cereja, crispy de lula, canapé de rosbife entre outros. Pratos principais como: massas, peixes (robalo, linguado, bacalhau), camarão, leitão, costela de cordeiro. Durante a semana menu executivo a R$45 com entrada (geralmente salada), prato principal do dia como picadinho) e sobremesa. 
Vinho branco chileno Carmen, robalo e bolinho de chocolate belga
Em homegem ao nome do restaurante pedi um robalo com purê de mandioquinha e vinagrete de tomates. Peixe deliiiiciioso, com a casquinha crocante e o vinagrete que finaliza com um tempero especial ao prato. De sobremesa bolinhos (que parecem bolinhos de chuva) mas com recheio de chocolate belga (uma paixão minha) polvilhados com açúcar de especiarias e acompanhado de sorvete de gengibre. O bolinho é uma delicia, leve, lembra casa da vó e combina perfeitamente com o sorvete. E não fiquei com vontade de experimentar a sardinha! Vou voltar pra resolver isso :-)

Onde: FishBar & Gastronomia
Endereço: Alameda Tietê, 40
Quando ir: Almoçar durante a semana ou passar a tarde nos finais de semana!

by chica K

Le Manjue Bistrô

Update (Ago/2012): reabre em Set/2 após reforma com novo nome "Le Manjue Organique". Veja como vai ficar:

________________________________________________________________________

Um lugar onde todos os ingredientes são orgânicos, livre de agrotoxicos, com muito mais sabor e cor nos alimentos. Em resumo, saudável, nutritivo e saboroso. O Le Manjue Bistrô é pioniero neste conceito, sob comando do Chef Renato Caleffi. Alta gastronomia, com conceito fusion onde mistura o internacional com contemporâneo. Uma experiência deliciosa...
Entrada do restaurante
Interior do restaurante
Mesmo para uma cidade como Sao Paulo, ainda é muito difícil encontrar casas especializadas em produtos orgânicos (muitas vezes somente sob encomenda), por isso, fico muito feliz com este empreendimento! 

Localizado na Vila Nova Conceição, o bistrô tem varias opções de peixes (e alguns do Norte como pirarucu da Amazônia), aves, carnes e massas. 

Filet com queijo camembert
Costelinhas de tambaqui


















St Peter com legumes e o peixe grelhado


Pedimos de entrada costelinhas de tambaqui (super saborosas) com molho de maracujá.






Pratos principais: St Peter com legumes e chia (essa semente é suuuper nutritiva), filet de queijo Camembert com batata rústica salteada com alho crocante e ervas e peixe grelhado com salada.

O restaurante também conta com menu executivo com opções de entradas, pratos principais e sobremesa. Ótimo custo beneficio.

Som ambiente tocando Jack Johnson, bem agradável...

E o Le Manjue além de melhorar sua saúde, ajuda o planeta com ingredientes orgânicos. Muito legal isso :-)

Onde: Le Manjue Bistrô
Local: R. Domingos Fernandes, 608, Vila Nova Conceição, SP
Quando ir:  sempre que quiser uma refeição saudável
fotos chicasSP

by chica K

Um update com fotos dos pratos de outra vez que fui... Em março de 2012.
Jambalaya de cordeiro
Jambalaya de pirarucu
Jambalaya é um risoto de arroz sete cereais super nutritivo e saboroso! Tem de vários tipos, eu amei!

Talharine de camarão

Playlist

ÓTIMO FINAL de SEMANA :-)



by chica K

Exposição do Museu D'Orsay no Brasil

Pela primeira vez, 85 obras do Museu d'Orsay (um dos mais visitados do mundo e detentor de uma das maiores coleções do movimento impressionista) aportam no Brasil com a exposição "Impressionismo: Paris e a modernidade". A exposição começa em SP, vai para o RJ e depois para Madri.

Fachada CCBB (SP)
Eu sempre achei fascinante o trabalho de Monet e o impressionismo em si. E muito bacana termos este acervo no CCBB com entrada gratuita e visitas até tarde (23h nos finais de semana). Fui em um domingo, 1:30h de fila que passa rápido com um bom papo e uma boa companhia! Vale a pena para ver pintura de grandes artistas como Claude Monet, Van Gogh, Manet, Paul Gauguin, Renoir, Degas e Cézanne.
Interior do CCBB (SP)
O destaque está na pintura de Manet com "O tocador de pifaro". A exposição foi organizada em 6 módulos e tem como foco a cidade de Paris.
"Le Fifre", de Edouard Manet
A minha preferida é Monet e o jardim japonês - eu ainda vou conhecer pessoalmente os jardins de Giverny - deve ser incrível!


"Trata-se do maior projeto da história do CCBB. É a nossa maior ação na área cultural e será um marco", disse Marcos Montoan, gerente do CCBB São Paulo.

SP
O que: Impressionismo: Paris e a Modernidade
Quando: 4 de agosto a 7 de outubro
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo - Rua Álvares Penteado, 112 Centro
Horarios: Terça a quinta – 10h às 22h/ Sexta – 10h às 23h / Sábado e domingo – 8h às 23h
E no feriado fica direto aberto - Virada Impressionista: dia 7/9 sexta-feira, a partir das 10h até às 23h de domingo, 8/9.

RJ
O que: Impressionismo: Paris e a Modernidade
Quando: 22 de outubro de 2012 a 13 de janeiro de 2013
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro - Rua Primeiro de Março, 66, Centro
Horarios: Terça-feira a domingo, de 9h às 21h

by chica K

Attimo

Gastronomia italiana com toque caipira. Dessa mistura nasceu a cozinha "ítalo-caipira" sob comando do chef Jefferson Rueda (ex- Pomodori) em sociedade com Marcelo Fernandes (dono do Kinoshita e Clos de Tapas). Um ambiente moderno, com culinária autêntica e atendimento muito bom.
Área externa, vista o bar e das mesas de espera da entrada
O andar inferior tem 3 ambientes: um terraço beeem agradável (principalmente nos dias ensolarados), um bar logo na entrada com mesas de espera e o salão com vista para a cozinha de vidro.
Salão interno e vista para a cozinha
O mezanino, onde fica a adega (com 140 rótulos), funciona por enquanto somente para eventos com capacidade para 40 pessoas aproximadamente e uma cozinha privativa.
Andar superior: adega, vista de cima e mesas do salão
O ambiente é tão agradável que antes mesmo de dar tempo de escrever aqui para contar tudo para vocês eu voltei para experimentar mais :-) Esse toque caipira (que o chef trouxe da sua terra natal do interior de SP) faz das suas receitas um cardápio autêntico e difícil para  escolher apenas uma opção... Começa com o couvert com pães artesanais, pururuca e canja de galinha com mini arroz do Vale do Paraiba. Mas as opções de petiscos são tão boas que optamos por prová-las e dispensamos o couvert.


Experimentamos um bolinho de espinafre com um segredo que o garçom te explica pessoalmente (é uma delícia, sequinho e super saboroso), um ravioli surpresa de galinha caipira e quiabo ao leve molho do assado (muuuito bom) como prato principal e um peixe empanado para petiscar (sequinho também e peixe macio). Este foi um dia, regado com um bom vinho - ótimas opções na carta! Há também uma carta especial de cachaça com 40 variedades.
Coxinha
Sem falar na coxinha, que é E-S-P-E-T-A-C-U-L-A-R!!!
Galinha ao molho pardo, spaguetti de rúcula, coulant de chocolate e pavê romeu e julieta
Outro dia fui almoçar e provamos: galinha ao molho de Rio Pardo e polenta (frango super saboroso e uma polenta que derrete, um sucesso) e um spaguetti de rúcula alla chitarra com abobrinha berinjela, tomate assado e ricota fresca de búfala (ótimo também). As sobremesas estão sob comando de Saiko Izawa (ex-DOM) e são outro sucesso! O coulant de chocolate com recheio de creme de laranja, confit de kinkan e sorvete é uma combinação perfeita de sabores, para repetir sempre, sem falar no pavê de romeu e julieta com creme de catupiry, pão de ló e goiaba em seis texturas - outra delícia! Se você for, precisa provar uma sobremesa da casa, a Saiko arrasou! Assim como todo o resto do cardápio. Entenderam porque é difícil escolher entre todas opções? :-)

Onde: Attimo
Endereço: Diogo Jacome, 341
Quando ir: sempre
fotos chicasSP

by chica K

Arte e Gastronomia no MAM

Entre 4 de setembro e 10 de novembro, o MAM-SP (Museu de Arte Moderna de São Paulo) vai promover a exposição "Encontros de Arte e Gastronomia".

Com coordenação do curador do MAM Felipe Chaimovich e do chef Laurent Suaudeau, a proposta é oferecer ao público experiências que mesclem arte e gastronomia.

A cada semana, de terça a sábado, uma dupla vai ocupar a sala Paulo Figueiredo. Não há tema pré-definido: eles terão apenas que respeitar o horário de funcionamento do museu, das 10h às 18h.

Interagir, comer ou apenas observar são as ações que o evento pode estimular.
Para a chef patissier Amanda Lopes, as linguagens da arte e da culinária são diferentes, o que aumenta o desafio. Mas a liberdade de criação tem empolgado a chef, que se apresenta na 4ª semana com o artista Caetano Dias.

Os visitantes poderão acompanhar os movimentos das duplas que serão fotografadas e filmadas. Depois, os resultados serão publicados nas redes sociais do MAM.

Veja quem vai participar:

De 4/9 a 8/9 Léo Filho (Hotel do Frade, RJ) e coletivo Opavivará (RJ)
De 11/9 a 15/9 Rodrigo Oliveira (Mocotó, São Paulo) e Matheus Rocha Pitta (RJ)
De 18/9 a 22/9 José Barattino (hotel Emiliano, SP) e Laura Lima (RJ)
De 25/9 a 29/9 Amanda Lopes (Girarrosto, SP) e Caetano Dias (BA)
De 2/10 a 6/10 Henrique Fogaça (Sal, SP) e Marco Paulo Rolla (MG)
De 9/10 a 13/10 Ana Luiza Trajano (Brasil a Gosto, SP) e Rodrigo Bueno (SP)
De 16/10 a 20/10 Tsuyoshi Murakami (Kinoshita, SP) e Regina Silveira (SP)
De 23/10 a 27/10 Maria do Céu (Centro de Gastronomia do Amazonas, AM) e Amilcar Packer (SP)
De 30/10 a 3/11 Renato Carioni (Cosi, SP) e Jardineiro André Feliciano (SP)
De 6/11 a 10/11 Philippe Brye (Traiteurs de France, RJ) e Rochelle Costi (SP)

O que: Encontros de arte e gastronomia
Quandode 4/09 a 10/11/2012 das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
Onde: Museu de Arte Moderna de São Paulo (sala Paulo Figueiredo)
Endereço: Parque Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3
Entrada gratuita
Autor: Vinculado ao noticias.bol.uol

Miya

O novo restaurante de Flavio Miyamura tem dois andares, móveis de madeiras misturados com sofas retrô, paredes de tijolo e o resultado é um ambiente aconchegante.
Entrada, andar superior e andar inferior
Cardápio enxuto mas com pratos originais que levam o toque da sua experiência profissional (Eñe, DOM, Shin Zushi) como o robalo com tempero japonês furikake e purê ou ovo perfeito com caldo de legumes tostado, bacon e edamame. Há 7 opções de pratos para compartilhar como tempurá de lula com maionese de wasabi, terrine de foie gras com doce de leite ou vieira com palmito pupunha assado e raspas de limão sicilano. Como pratos principais carnes, peixes, risoto de cerveja preta e cebolas caramelizadas, fusili com mexilhões, lula e crosta de pão, excêntrico sem doer no bolso! Menu executivo no almoço durante a semana por R$45 com entrada (saladas), 3 pratos principais (um bom PF, parmegiana e um prato do chef) e sobremesa (fruta).
Experimentamos o executivo que vem com (1) salada de rúcula com tomate seco e parmesão de entrada ou (2) salada verde, prato principal do chef um hambúrguer com batatas fritas (3), um contra filé que acompanha banana a milanesa e arroz e feijão (4 e 5) e um bife a parmegiana com fritas (6). Todos muito bons!
Olhete com legumes
Fora do cardápio executivo experimentei um olhete com legumes e confit de limão siciliano. Um peixe assado no "plástico" junto com os legumes sob lascas de limão siciliano e aberto quando chega a mesa. Em um pote a parte vem flor de sal para você colocar na hora, que dá todo toque final ao prato. Um sucesso de bom!
As sobremesa escolhidas foram um figo com sorvete de mel e um abacaxi (que fazem parte do menu executivo) e um bolo de chocolate com calda de geléia de morango e sorvete de iogurte. Não é um petit gateau mas o bolo vem quente e tem um recheio de chocolate que derrete por dentro. Sucesso 2!

Adorei o restaurante Miya! Ambiente simples e aconchegante, receitas originais e saborosas e preços convidativos. Destaco o serviço que é muuuito bom, super atencioso e todos muito simpáticos e preocupados com o cliente (achei bem legal isso). Super indicado. Um lugar que eu vou querer voltar várias vezes, para poder experimentar tudo :-)

Onde: Miya
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 47, Pinheiros
Quando ir: sempre!
besos chica K

Fone Fashion

Na minha busca por um fone de ouvido, descobri esta marca por indicação da chica S e estou amando!
Foto do site
Urbanears é uma marca sueca de fones de ouvido super coloridos com design moderno e muito prático. 
Modelo BAGIS 
Comprei um "BAGIS" e gostei:
- Das cores - várias opções como amarelo, roxo, vermelho, branco, um mais lindo que o outro!!
- O encaixe é perfeito: vem com 3 tamanhos de "sleeves" (borrachinha que encaixa na orelha) e fica super encaixado (não é daqueles modelos que sempre cai a borracha - eu vivia perdendo...)
- E o grande diferencial - é MUITO prático: vem com microfone e controle para iPhone, Blackberry e outros modelos. Ou seja, dá para mudar a música, atender uma ligação, tudo através deste controle acoplado no fone! Sensacional! 
Plattan

O modelo Plattan além do controle tem também um plug in para compartilhar a sua música com outra pessoa!

ADOREI!




Veja um video do BAGIS:



Mais informações: http://www.urbanears.com/

by chica K

Playlist

Quem é que nunca cantou "Tell me that you'll open your eyes..." ? 

Eu sou fãzoooona de Snow Patrol. Ano passado era uma das bandas que eu mais queria ver no Rock in Rio! Pela primeira vez fui no show deles e para mim foi emocionante de tanto que eu gosto da banda! Foi muuuuito legal, mesmo debaixo de chuva (pois é, neste dia choveu no Rio...). O último CD da banda, "Fallen Empires" é aquele CD que vale a pena comprar porque T-O-D-A-S as músicas estão muito boas! 

E teremos show do Snow Patrol no RJ (9/10), SP (10/10) e BH (11/10). Pré-vendas já começaram! Mais informações aqui.

E pra começar bem o final de semana, "Called Out in the Dark", uma das músicas que eu mais gosto do novo CD, vício...

Se você quiser ouvir um pouco de cada música do novo CD, basta clicar no link abaixo:

UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA!!!  :-)

bjKs chica K

Beatriz Milhazes no BRASIL!

Eu escrevi uma vez sobre a Beatriz Milhazes aqui, pois sou simplesmente fascinada pelo trabalho dela.  
 
Há 10 anos sem uma exposição individual na cidade maravilhosa acabo de descobrir que o Caixa Cultural está com a exposição "Beatriz Milhazes: Gravuras" que vai até o dia 30/09. Ao todo são 17 gravuras. 

Se você está na cidade maravilhosa ou pretende ir para lá, não deixe de ver pessoalmente o trabalho fascinante da Beatriz.  É pra lá que eu vou! 

Onde: Caixa Cultural - Galeria 1
Exposição Beatriz Milhazes: Gravuras
Endereço: Av Almirante Barroso, 25 - Centro
Horário: de terça a domingo das 10 as 21h
by chica K

Gelato, o sabor da Itália!

Existem vários "tipos de sorvete": sorbet, ice cream (ou sorvete) e o gelato. Para entender a diferença entre eles de maneira bem resumida: o sorbet não leva leite nem mascarpone, é feito basicamente de água, açúcar e fruta fresca; o sorvete (os não premium) possuem ingredientes mais artificiais, açucar, leite e ovo em pó e já o gelato é feito praticamente só com leite e pouca quantidade de creme e nenhum ar (por isso derrete mais devagar que o sorvete). 

A Itália é muito famosa pelo "gelato", tendo uma sorveteria praticamente em cada esquina! O "gelato artigianale" ou sorvete artesanal em italiano, além de ser um sucesso é feito de matéria-prima fresca, ingredientes naturais, sem conservante e com pouca gordura (nem todos na Itália são artesanais tá?). E para decidir entre tantas opções uma vez lá? Fiz uma listinha das que eu mais gostei (top) e das mais "famosas":

TOP:
San Crispino foi Top em Roma! Uma das primeiras sorveterias a ter um controle rigoroso de temperatura e escolha dos ingredientes, uma verdadeira sorveteria gourmet. Os sorvetes ficam "escondidos" para manterem a temperatura ideal e também para conservar de maneira natural os ingredientes (pois não tem conservante nem corante na sua fórmula). 

O "stracciatella" ou flocos (mas com lascas bem finas de chocolate) é algo assim.... sensacional! Virou meu vício de primeira.

Tem duas filiais no centro histórico, uma perto do Pantheon outra na Fontana di Trevi. E como ambos são atrações imperdíveis em Roma, não deixe de conhecer este gelato que é imperdível também :-) http://www.ilgelatodisancrispino.it/

GROM é uma sorveteria bem conhecida com várias unidades na Itália e também em Paris, Japão e Nova Iorque. Feito com ingredientes selecionados e mantidos na temperatura ideal, um sorvete macio e delicioso! 

As lojas são pequenas e com alguns sabores exclusivos como "crema come una volta" e o "crema di Grom" e opção mais enxuta. Provei o "cioccolato extranoir", um chocolate meio amargo e "mirtillo". Muuuito bom!

Também fazem "granita siciliana" uma espécie de "raspadinha" artesanal bem mais elaborada e saborosa do que a que estamos acostumados. Possui várias unidades por toda Itália: http://www.grom.it/eng/gelaterie.php

Carabé é uma sorveteria bem pequeninha e antiga localizada do lado da Accademia em Florença. Olhando assim de fora você não dá nada, mas o sorvete é bem bom!

Vale a pena a parada após a visita a galeria. Nem preciso falar que o "stracciatella" é um sucesso né? rsrs


Outra que eu gostei bastante foi a Il Porticciolo em Vernazza, no Parque Cinque Terre

Um lugar bem pequeno do lado da praia. Sem falar que é SENSACIONAL tomar um gelato com esta vista. O que é este lugar??? Amei, lindo lindo lindo demaaais!




FAMOSAS:
Della Palma é uma sorveteria em Roma onde tudo é "muito": ambiente, pessoas, opções de tamanho (vários tamanhos de copinhos ou casquinhas), sabores (mais de 150). Sem falar que a casa ainda tem doces e bebidas. 

Você fica tonto de tanta opção e de tanta gente (eu fiquei...). Pelo movimento, não achei nada demais e comparando com as outras gelaterias citadas acima, as outras ganham certo! Mas como é muito citada fica o registro caso queira conhecer pessoalmente. http://www.dellapalma.it/

Palazzo del Freddo G. Fassi é uma das sorveterias mais antigas de Roma, desde 1880. O ambiente é bem grande, quase um palácio (rsrsrs) e tem uma variedade grande de sabores. Fica bem perto da estação Termini e vale a visita. Mais informações: http://www.palazzodelfreddo.it/


Amorino italiana tem duas unidades em Milão e uma em Verona. Tem outras unidades na Europa e em Nova Iorque. Vale a pena a visita da que fica em Brera em Milão. Um bairro bem bacana, com menos turista e uma delicia para ser explorado! Dizem que esta sorveteria é ótima, eu infelizmente cheguei meio-dia em pleno sábado e estava fechada :-( vai entender.... Fiquei na vontade e com as fotos do lugar para mostrar para vocês. 

Ambiente mais moderno e além do sorvete, milk shakes, doces, waffles (que eu sou apaaaaixonada), bebidas quentes e foccacine (típico italiano, um brioche com recheio de sorvete que pode ser servido quente ou frio). Muito agradável o lugar né? Quero voltar, mas quando estiver aberta!  http://www.amorino.com/en/

Já estava esquecendo de mais um: Caffé Risorgimento, que fica bem pertinho do Vaticano em Roma. Ele é bem conhecido pelos romanos e bem turístico. Há romano que diga que o gelato de léa é um dos melhores do mundo... Se você pedir o gelato na mesa ele vem enorme (como o da foto ao lado) com chantilly e em uma mega taça, mas dá para pedir no balcão na versão casquinha ou copinho também. Como só tem turista praticamente no restaurante, há pratos combinados de massas: eu experimentei uma lasanha com spaguetti e ravioli. Gostei! Fica a dica!

besos chica K