Maní

Entrada
O Maní faz parte da lista dos restaurantes que eu AMO. Contemporâneo, surpreendente, ambiente agradável e equipe atenciosa. Vive lotado, portanto, se você conseguir uma reserva sucesso, senão, chegue bem cedo ou vá sem pressa e tome alguns drinks na área de espera que é bem agradável (e dá para ver a cozinha).  


O Maní tem algumas combinações bem contemporâneas (bochecha de boi, pato com pequi entre outros). Portanto, se você não esta acostumado com algum destes itens mais exóticos, vá pelo mais básico. 

Interior do restaurante
Eu, que adoro conhecer lugares novos, novos paladares, quando o restaurante entra na minha lista dos que eu amo, volto pensando no mesmo prato que eu pedi da última vez... (lombrigas... fazer o que rsrs). Mas desta vez eu quis inovar... e pra ser sincera, senti falta dos meus pratos costumeiros (espetinho de polvo a galega de entrada e capellini com mix de cogumelos como prato principal).

Mesas no fundo do salão
Mas vamos as inovações deste dia. Começamos com os drinks: um zero zero (abacaxi, limão, hortelã e soda) - parece um mojito, bem refrescante mas sem álcool (delicioso!!!) e um bellini (pêssego com espumante). De entrada bolinhos de quinua ao curry com geléia de aipo. A geléia estava deliciosa, o bolinho um pouco sem graça... A iluminação desta foto esta surpreedente (mente ruim... desculpem).

Drinks
Bolinho de quinua
Pratos principais: peixe do dia (robalo) a baixa temperatura no tucupi com banana da terra e migalhas da Mani (aqui acho que não prestei atenção na explicação do prato pois ele vem com leite de coco que deixa um pouco mais pesado no final...) e fideuá de lulas (macarrão cabelo de anjo puxado na tinta da lula), bem exótico.

Peixe do dia
Fideuá de lulas
Sai de lá com vontade de voltar... já com saudade do capellini e de todas as sobremesas! Não comentei aqui porque não ficamos pra sobremesa literalmente, mas são todas surpreendentes (positivamente!)!


Update: considerado o 51º melhor restaurante do mundo pela "Restaurant" em 2012, o Maní criou novos pratos: moqueca de peixe com terrine de mandioquinha e o gaúcho arroz de china, com fraldinha e linguiça. Para sobremesa, o Lama ao Caos: doce de berinjela defumada, coalhada de leite de cabra, pistaches, gelatina de flor de laranjeira e sorvete de gergelim.

Onde: Maní
Endereço: Joaquim Antunes,  210
Quando ir: jantar ou almoço (tem pratos exclusivos pro almoço)

by chica K

Nenhum comentário:

Postar um comentário