OHKA

Ambiente moderninho, badalado, ao som de MPB ou jazz e comida sem muita invenção. Assim é o OHKA (do japonês, flor de cerejeira) localizado no Itaim e aberto em agosto de 2011. 

Entrada do restaurante

O forte da casa são os sushis (nada de cream cheese ou maionese), busca manter as origens da tradição japonesa, dai um cardapio enxuto comandando pela equipe de Joberval Pereira (ex-Nagayama).


Salão interno


























Alem de manterem a "tradição japonesa" no cardápio (que eu adoro), o sushi bar conta com Billy Tatsushi, ex-Kinoshita e ex-Santa Maria. Ha boa oferta de peixes e frutos do mar como o saba toro (barriga gorda de cavalinha), buri, robalo, serra, enguia e vieira e em sashimi o toro de atum, alem de barbatana de tubarão, minipolvo, filhote de enguia e ovas de bacalhau.

Combinado
A decoração é vermelha, com destaque para gueixas e samurais impressos em fitinhas nas paredes. Sem falar que a comida é servida nas peças da Hideko Honma (minha professora de cerâmica...), um charme...

 
parede













Onde: OHKA
EndereçoR. Professor Carlos de Carvalho, 105, Itaim Bibi
Quando ir: jantar

by chica K

Nenhum comentário:

Postar um comentário